Santo Deus - História por trás de uma canção

Guto Bello

“Mas o homem, embora esteja em honra, não permanece; antes é como os animais que perecem. Este é o destino dos que confiam em si mesmos; o fim dos que se satisfazem com as suas próprias palavras” (Sl 49:12-13).

Há um erro que muitos ministros, pastores, líderes de louvor, músicos e cantores cometem, no início da caminhada ministerial: confiar demasiadamente em si mesmos. Eu também cometi este erro. Acreditei muito na minha força, na minha inteligência. Em vez de colocar meu foco em Deus, coloquei-o em mim mesmo. Até que cheguei ao ponto em que não podia mais suportar. O ministério parecia ser um peso sobre mim. A minha força se esgotou. Já não conseguia boas soluções para os problemas que enfrentava. Para que eu não perecesse, precisava mudar o meu comportamento. Então, eu me prostrei diante de Deus e busquei Sua direção para minha vida e ministério. Assim nasceu a música Santo Deus.

“Amarás, pois, ao Senhor teu Deus de todo o teu coração, de toda a tua alma e de todas as tuas forças" (Dt 6:5).

“Tudo quanto te vier à mão para fazer, faze-o conforme as tuas forças” (Ec 9:10a).

Com todo nosso ser, com toda intensidade, devemos amar ao Senhor. Na Sua obra, devemos nos empenhar. Mas jamais podemos nos esquecer de que Ele mesmo é a fonte de toda a nossa força. Quanto mais o buscamos mais podemos fazer.

“Buscai ao Senhor e a sua força; buscai a sua face continuamente” (Sl 105:4).

“Mas os que esperam no Senhor renovarão as suas forças; subirão com asas como águias; correrão, e não se cansarão; andarão, e não se fatigarão” (Is 40:31).

Naquela crise ministerial, pude contemplar a santidade de Deus e reconhecer que, sem Ele, sou nada. Aprendi que, ao contemplar a santidade do Pai, todo o meu ser, minhas forças, minha mente se renovam.

“Aquietai-vos, e sabei que eu sou Deus; sou exaltado entre as nações, sou exaltado na terra” (Sl 46:10).

Com minhas próprias idéias e argumentos, eu queria convencer as pessoas a fazerem isto ou aquilo. Porém, percebi que o máximo da minha competência não fazia de mim um líder, um exemplo que as pessoas quisessem seguir. Aprendi a me aquietar (Sl 46:10), esperar no Senhor e simplesmente buscar ser como Ele, ser santo.

“Quem pode discernir os próprios erros? Purifica-me tu dos que me são ocultos” (Sl 19:12).

Quando o nosso caráter é confrontado com o caráter de Deus, verificamos o quanto somos imperfeitos e o quanto necessitamos de uma purificação milagrosa, algo que limpe o nosso mais íntimo, nosso inconsciente. Quando dormimos, os nossos sonhos revelam muito do nosso interior, coisas de que não temos consciência, mas que estão presentes em nosso ser. Por um outro lado, Deus sempre falou aos homens por meio de sonhos. A Bíblia tem muitos exemplos. Devemos clamar a Deus para que nos purifique completamente, e assim, até em nossos sonhos, O adoraremos, falaremos com Ele e ouviremos Sua voz.

“Os quatro seres viventes tinham, cada um, seis asas, e ao redor e por dentro estavam cheios de olhos; e não têm descanso nem de noite, dizendo: Santo, Santo, Santo é o Senhor Deus, o Todo-Poderoso, aquele que era, e que é, e que há de vir” (Ap. 4:8).

Quando se fala em santidade, muitos imaginam a perfeição. Porém, santidade é um processo que nos leva à perfeição, não por nossos próprios méritos e, sim, pela misericórdia de Deus. (Ef. 1:3-4) Nós, os santos, lutamos contra o pecado, clamamos pela purificação de todo o nosso interior, não queremos que nada nos atrapalhe naquilo que é o nosso maior prazer: adorar a Deus. Nos momentos mais difíceis da nossa vida, quando tudo parece pesar sobre nós, quando as nossas ações não surtem efeito, o que mais precisamos é contemplar a santidade de Deus, confiar na Sua força e no Seu agir. O refrão desta música é mais uma versão do canto que será entoado eternamente.

Santo Deus

Guto Bello

Santo, santo, santo
Digno de honra, glória e louvor
Santo, santo, santo
Que era, é e há de vir

Quando a força se esgota
E a vida pesa sobre mim
Fito os meus olhos em ti
Contemplar tua santidade
Renova o meu ser

O meu agir é nada
Ante o teu poder
Aquieto-me pois sei que tu és Deus
Importa ser tua imagem e semelhança
Ser santo

Meu inconsciente purificas
Senhor, eu quero te adorar
E contemplar tua santidade noite e dia

Santo, santo, santo Deus...

VOLTAR