RESUMO CRÍTICO DO LIVRO “ICABODE”

 

“Icabode” é um convite a reflexão sobre a modernidade e seus desdobramentos sobre a fé e a missão da igreja. É a grande tarefa que a igreja de Cristo terá que enfrentar, uma vez que a modernidade é uma ameaça à natureza e ao significado da própria igreja.

O grande desafio que a igreja tem pela frente é o de conseguir preservar o propósito original da aliança de Deus com o seu povo e o de continuar sendo a autêntica igreja de Cristo.

No continente Europeu, que foi o berço do cristianismo e na América do Norte, a modernidade tornou-se uma força devastadora do cristianismo. Todas as tentativas colocadas em prática com o propósito de atingir a igreja de Cristo nestes dois mil anos, tanto por parte dos imperadores que perseguiram a igreja, bem como diversas correntes heréticas que se levantaram na idade média,  não conseguiram atingi-la tão acintosamente como a modernidade.

Por vivermos dias de crescimento da igreja de Cristo no Brasil, não podemos deixar de estarmos vigilantes quanto ao que acontece em torno de nós e em todas as direções. A Bíblia nos diz que “Há caminho, que parece direito ao homem, mas o seu fim são os caminhos da morte” (Prov. 16:25). Jesus, afirmou que: “...por se multiplicar a iniqüidade, o amor de muitos esfriará” (Mat. 24:12).  E em outro texto, Ele diz: “...Quando porem vir o Filho do homem, porventura achará fé na terra” (Luc. 18:8). Todas estas colocações parecem estar relacionadas em muito com o advento da modernidade de nossos dias, que traz em seu bojo uma infinidade de propostas que acabam por envolver os mais descuidados, os mais ingênuos, que se tornam presa fácil, por não terem discernimento suficiente para perceber que os valores culturais e religiosos, estão sendo sutilmente influenciados e transformados pela modernidade, e o que é ainda pior, tudo sendo absorvido sem nenhuma resistência.

A secularização, o individualismo e a pluralização, são algumas destas novas realidades que tem afetam as relações humanas e religiosas.

Neste livro o autor trata da modernidade com muita propriedade dando grande contribuição para a igreja de Cristo neste final de século. É uma palavra profética porque encontra respaldo ao ser julgada à luz das Escrituras. É uma análise da realidade do mundo, da sociedade e da igreja, da qual todos nós somos participantes. O autor nos exorta a refletir sobre tudo aquilo que parece ser simples e que na maioria das vezes não notamos por estarmos pessoalmente envolvidos, mas que na verdade só perceberemos, só rejeitaremos, e só mudaremos  se estivermos pautando a nossa vida à luz do conhecimento da Palavra de Deus. Deste modo, “Icabode” descreve o fenômeno da modernidade, com o propósito de chamar à atenção da igreja para a compreensão e o discernimento de ações e reações que serão necessárias para a grande caminhada que teremos pela frente até chegarmos em definitivo a Canaã.

Portanto, devemos estar conscientes da liberdade que Cristo nos outorgou, dizendo com a autoridade e a convicção do apóstolo Paulo, ao escrever a igreja em Corinto, dizendo: “Todas as coisas me são lícitas, mas nem todas as coisas convém. Todas as coisas me são lícitas, mas eu não me deixarei dominar por nenhuma”. (I Cor. 6:12).

              

Augusto Bello de S Filho

Bel em Teologia

 

BIBLIOGRAFIA:

- AMORESE, Rubem, Icabode: Da mente de Cristo à consciência moderna. São Paulo, Abba Press, 1994.

 

VOLTAR