Bênçãos de Deus - Aprendendo a alcançá-las

Andréia Rocha Bello de Oliveira

“Se vós permanecerdes em mim, e as minhas palavras permanecerem em vós, pedi o que quiserdes, e vos será feito” (João 15:7).

Durante os anos de vida de uma pessoa, ela necessita ou deseja, constantemente, uma série de coisas. Desde coisas essenciais à sobrevivência, como alimentação, vestimenta e assistência médica; até coisas não tão essenciais ou mesmo supérfluas, como lazer, automóveis, diversão. Enfim, essa lista de coisas desejadas por um homem quase não tem fim!

Por outro lado, há muitas “receitas” para se obter esses bens, desde o trabalhar duro até ganhar um sorteio na loteria. O fato é que estamos todos em busca de algo material e tentando encontrar uma forma viável de alcançar o que tanto almejamos.

Em nossas igrejas, muitas vezes, ouvimos algumas dessas receitas. A mais famosa baseia-se em textos bíblicos, como o de Lucas 11:9-10: “...pedi, e dar-se-vos-á; buscai e achareis; batei, e abrir-se-vos-á; pois todo o que pede, recebe; e quem busca acha; e ao que bate, abrir-se-lhe-á.”

Essa é a mais fácil e melhor de todas as receitas, não é mesmo? Basta pedir ao nosso Pai celestial tudo aquilo que desejamos e Ele nos concederá, pois a Sua Palavra nos garante! Mas será que é só isso, mesmo? Será que não há nenhuma condição necessária para recebermos as bênçãos de Deus?

Bem, a graça de Deus revelada em Jesus é a garantia de que não precisamos fazer nenhum tipo de barganha com Ele, pois tudo que recebemos Dele é mediante a Sua graça e não por merecimento. Porém, para sermos beneficiados por essa bendita graça de Deus é preciso que nos convertamos a Ele. É preciso permanecer em Cristo e guardar as Suas palavras em nós.

Essa condição expressa no versículo acima traz consigo um detalhe que, muitas vezes, passa por nós despercebido. Se permanecermos em Cristo e as palavras Dele permanecerem em nós, tudo o que pedirmos a Ele estará de acordo com a vontade Dele e não de acordo com a nossa! Em outras palavras, quando estamos em total sintonia com Cristo, desejamos a vontade Dele, então podemos pedir o que quisermos e nos será feito; já que queremos somente o que Ele quer e colocou em nossos corações através da Sua Palavra.

Portanto, esse pequeno versículo guarda uma verdade muito maior do que imaginamos: Cristo deposita em nós o seu querer, quando permanecemos Nele. Então, nossos desejos consumistas ficam sujeitos à vontade de Deus e não à nossa própria vontade. Temos todas as coisas em Cristo, sim, todas as coisas que Ele quer para nós.

Alguns podem pensar: “ah, então Deus não vai me dar aquele carro do ano que tanto quero...” Bem, se realmente permanecermos Nele, o nosso querer não vai ser contrário à vontade Dele; então, tudo fica depositado nas mãos de Deus, é Ele quem decide o que precisamos e o que não precisamos.

A vida fica muito mais simples assim, não precisamos nos preocupar com nada. Deus contempla o nosso coração e nos concede tudo o que quisermos, pois o nosso querer é transformado, de forma que se torna igual ao querer do Senhor. Além disso, Ele nos mostra também a maneira pela qual vamos conquistar o que Ele tem para nós. Basta permanecermos verdadeiramente Nele!

 

VOLTAR