QUEM ERAM OS DISCIPULOS E OS APÓSTOLOS

Jesus escolheu doze de seus discípulos para serem seus apóstolos (Mateus 10:1-4; 11:1; 26:20; Marcos 3:13-19; Lucas 6:13-16) Após a morte e ressurreição de Jesus eles são onze até ser escolhido um substituto para Judas que o traiu e enforcou-se (Mateus 28:16) No livro de Apocalipse Jesus confirma-os como sendo doze na revelação a João – "O muro da cidade tinha doze fundamentos, e neles estavam os nomes dos doze apóstolos do Cordeiro" (Apocalipse 21:14). Veremos a seguir um resumo de quem foram estes homens, suas origens, seus nomes, como foi escolhido o substituto de Judas, outros discípulos e outros apóstolos além dos doze.

Simão, Pedro, Cefas

Também chamado Pedro (Mateus 10:1-4); (Mc 3:13-19); (Lucas 6:13-16). Era irmão de André e foi chamado quando pescava com seu irmão no mar da Galiléia (Mateus 4:18). Era pescador e natural de Betsaida. Jesus chamou Simão de Cefas e em alguns textos do Novo Testamento é mencionado apenas Cefas em vez de Simão ou Pedro "E o levou a Jesus. Jesus, fixando nele o olhar, disse: Tu és Simão, filho de João, tu serás chamado Cefas (que quer dizer Pedro) (João 1:42). Como vimos nessa declaração do Senhor, Pedro é tratado como filho de João, no sentido de discípulo ou seguidor de João Batista (João 1:35-42). O apóstolo Paulo preferiu mencionar em suas cartas sempre "Cefas" em vez de Simão ou Pedro ou Simão Pedro. (I Coríntios 1:12; 3:22; 9:5; 15:5; Gálatas 1:18; 2:9, 11, 14).

André

Irmão de Simão, chamado Pedro (Mat 10:1-4); (Lucas 6:13-16). Foi chamado por Jesus quando pescava com Simão no mar da Galiléia (Mateus 4:18). Era pescador e natural de Betsaida.

Tiago, Boanerges

Filho de Zebedeu e irmão de João (Mateus 10:1-4) e (Marcos 3:13-19). Foi chamado quando consertava as redes de pescar no mar da Galiléia juntamente com seu pai (Mateus 4:21). Era pescador. Em Marcos 3:17 está relatado que Jesus apelidou os filhos de Zebedeu por Boanerges que quer dizer filhos do trovão. "Tiago, filho de Zebedeu, e João, irmão de Tiago, aos quais pôs o nome de Boanerges, que significa: Filhos do trovão.

João, Boanerges

Filho de Zebedeu e irmão de Tiago (Mateus 10:1-4) e (Marcos 3:13-19). Foi chamado Quando consertava as redes de pescar no mar da Galiléia juntamente com seu pai (Mateus 4:21). Era pescador. Em Marcos 3:17 está relatado que Jesus apelidou os filhos de Zebedeu por Boanerges que quer dizer filhos do trovão. "Tiago, filho de Zebedeu, e João, irmão de Tiago, aos quais pôs o nome de Boanerges, que significa: Filhos do trovão.

Filipe, Felipe

Jesus partindo para a Galiléia encontrou a Felipe e convidou-lhe (João 1:43). Felipe era de Betsaida, cidade de André e Pedro

Bartolomeu

O Novo Testamento não diz quando Bartolomeu teve o primeiro encontro com Jesus. Seu nome aparece a primeira vez em Mateus 10:3.

Mateus

O publicano (Mateus 10:1-4). Era cobrador de impostos no Império Romano e estava na Coletoria quando Jesus o chamou dizendo vem e Segue-me (Mateus 9:9)..

Tomé, Dídimo

Também chamado "Dídimo" (João 11:16). Seu nome aparece a primeira vez em Mateus 10.3 – O Novo Testamento não relata quando foi chamado.

Tiago

Filho de Alfeu (Mateus 10:1-4); (Mc 3:13-19) e (Lucas 12:1-16). O Novo Testamento não relata quando foi chamado. Seu nome aparece a primeira vez em Mateus 10:3).

Simão

Nascido em Caná da Galiléia motivo pelo qual a maioria das traduçoes bíblicas o denomina "Simão Cananita" (Mateus 10:4), Chamado de Zelador (Lucas 6:15; Atos 1:13). O Novo Testamento não relata quando foi chamado. Seu nome aparece a primeira vez em Mateus 10:4.

Lebeu, Tadeu,

Judas

A Edição Revista e Corrigida da Editora Vida, menciona, "... e Lebeu apelidado Tadeu". (Mateus 10:3). Na mesma versão em Lucas 6:16 é mencionado como "...Judas, filho de Tiago". Já na Edição Revista e Atualizada da Editora Sociedade Bíblica do Brasil, menciona, "...e Tadeu". (Mateus 10:3). Na mesma versão é mencionado como "Judas", filho de Tiago (Luc 6:16). O Novo Testamento não relata quando foi chamado por Jesus. Seu nome aparece a primeira vez em Mateus 10:3. As versões bíblicas dão três nomes a esse discípulo. A maioria das versões bíblicas traduzem que ele é filho de Tiago, contudo a versão Ecumênica da Igreja Católica relata em Lucas 6-16 "... e Judas, irmão de Tiago". Tradução do Padre Antonio Pereira de Figueiredo. As traduções Evangélicas mencionadas Seguem a tradução de João Ferreira de Almeida. Já a tradução do Reverendo C. I. Scofield, publicada por Publicações Espanholas, menciona em Mateus 10:3 também "...Lebeu, por sobrenome Tadeu".

Judas

Judas Iscariotes "o que o traiu" (Mat 10:4); ...e Judas Iscariotes, aquele que o traiu (Marcos 3:19); ...Judas Iscariotes, que veio a ser o traidor (Luc 6:16).

Natanael e Bartolomeu seriam a mesma pessoa como querem alguns comentaristas?

Natanael

Felipe encontrou Natanael – fala-lhe à cerca de Jesus e leva-o até Ele. Ao vê-lo Jesus diz-lhe que é um verdadeiro israelita em quem não há dolo. E, confessa-lhe que o havia visto debaixo da figueira antes que Felipe o chamasse (João 1:45-51). Natanael é o primeiro discípulo a exclamar que Jesus é o Filho de Deus e o Rei de Israel. Natanael era de Caná da Galiléia.

Em Atos 1:13 Lucas relata todos os discípulos de Jesus que estavam em constante oração no Cenáculo. O nome de Natanael não aparece, como também não aparece o nome de Judas que o traiu e enforcou-se. Neste caso, Natanael foi um discipulo de Jesus, seu seguidor, mas não necessariamente tornou-se um dos doze apóstolos. Da mesma forma a relação dos doze que se acha em Mateus 10:2-4 não menciona a Natanael. É interessante notar que somente João fala desse encontro de Jesus e Natanael por meio de Felipe. Lucas 6:14-16 lista todos os discípulos e seu nome também não aparece. Em João 21:2 "Estavam juntos Simão Pedro, Tomé, chamado Dídimo, Natanael, que era de Caná da Galiléia, os filhos de Zebedeu, e outros dois dos seus discípulos". Natanael está listado como um dos discípulos a quem Jesus se apresentou na sua terceira aparição após a ressurreição, segundo o evangelho de João. Esta é a última citação em que apareceu o nome de Natanael. Alguns Teólogos defendem que Natanael e Bartolomeu eram a mesma pessoa contudo não podemos afirmar categoricamente à luz do Novo Testamento. Portanto, toda e qualquer conclusão nessa direção não passará de suposição e hipótese. Três textos bíblicos citam o nome de Bartolomeu sempre junto com o de Felipe ligados pela conjunção "e" que pode indicar o relacionamento de amizade que já devia existir entre os dois antes mesmo de serem discípulos. Estes textos reforçam a idéia de que Bartolomeu e Natanael sejam a mesma pessoa. (Mateus 10:3; Marcos 3:18; Lucas 6:14) Todos os Sinóticos dão a mesma associação. No Evangelho de João não temos uma relação completa dos doze apóstolos. Em João 21:2, está mencionado os nomes de cinco apóstolos e omitido o de dois. Essa associação de Felipe e Bartolomeu, no caso seria Felipe e Natanael não aparece. Se Felipe era um dos outros dois que não foram citados os nomes é de se estranhar, porque João foi o único que mencionou o encontro belíssimo entre Felipe, Natanael e Jesus e não faz muito sentido admitir-se a despretensão de João de esquecer de mencionar um discípulo que ele tanto destacou no encontro de Natanael com Jesus. Se Felipe fosse um dos dois com certeza João o teria citado. Em Atos 1:13 onde estão listados os nomes de todos os apóstolos estes dois nomes não guardam esta aproximação, desvinculando esta idéia. Outro argumento contra a idéia de ser a mesma pessoa é que nos Sinóticos e mesmo em João sempre foi destacado ou assinalado quando o discípulo tinha mais de um nome ou era mencionado a sua naturalidade ou de quem era filho ou irmão. Porque no caso de Bartolomeu nas três vezes que foi citado nos sinóticos não aparece nenhum outro nome sendo atribuído a ele (Bartolomeu), como nos casos de Tomé (Dídimo), Judas (Tadeu, Lebeu), Simão (Pedro), Tiago e João (Boanerges), João e Tiago (Filho de Zebedeu), André (irmão de Simão), João (irmão de Tiago e vice-versa), Mateus (o Publicano), Tiago (filho de Alfeu), Simão (Cananita), Judas (Iscariotes) Felipe (...de Betsaida) etc. Porque então, não encontramos outro nome para Bartolomeu que no caso seria Natanael. Não é prudente afirmar-se que eram a mesma pessoa. Praticamente estão citados todos os outros nomes que de alguma forma identificavam os apóstolos. João diz que Natanael era de Caná e nenhum dos Sinóticos diz de onde era Bartolomeu. Porque os três Sinóticos chamam-no de Bartolomeu e João que foi discípulo do início ao fim do ministério de Jesus, gozando da comunhão e conhecendo todo o grupo o chamaria ou o denominaria de Natanael aos invés de Bartolomeu, ao contrário dos demais escritores dos evangelhos; não faz sentido.

Prefiro manter reservas quanto a endossar os argumentos de que eram a mesma pessoa. Muitos discípulos de Jesus não foram selecionados para compor o seu apostolado é possível que Natanael fazia parte deste grupo.

Outros discípulos mencionados no Novo Testamento

Justo e Matias

Na escolha do substituto de Judas Iscariotes que traiu a Jesus e enforcou-se (Mateus 27:5; Atos 1:18-20). Os apóstolos lançaram sortes entre dois seguidores de Jesus desde o seu batismo no Rio Jordão, por João até a sua ascenção aos céus (Atos 1:21-22). Este era um pré-requisito para tornar-se apóstolo. Conhecer o ministério de Jesus desde o seu batismo. Assim, decidiriam entre José, chamado Barsabás, que tinha por sobrenome o Justo, e Matias (Atos 1:23). Tendo sido escolhido Matias (Atos 1:26). Os nomes destes discípulos apareceram pela primeira e última vez neste texto de Atos.

Andrônico

Saudai a Andrônico e a Júnias, meus parentes e meus companheiros de prisão, os Quais são bem conceituados entre os apóstolos, e que estavam em Cristo antes de mim (Romanos 16:7).

Junias

Saudai a Andrônico e a Júnias, meus parentes e meus companheiros de prisão, os Quais são bem conceituados entre os apóstolos, e que estavam em Cristo antes de mim (Romanos 16:7).

Outros discípulos

Lucas 6:17 "E Jesus, descendo com eles, parou num lugar plano, onde havia não só grande número de seus discípulos, mas também grande multidão do povo, de toda a Judéia e Jerusalém, e do litoral de Tiro e de Sidom, que tinham vindo para ouvi-lo e serem curados das suas doenças". Muitos discípulos abandonaram a Jesus "Por causa disso muitos dos seus discípulos voltaram para trás e não andaram mais com ele." (João 6:66). "Depois disso designou o Senhor outros setenta, e os enviou adiante de si, de dois em dois, a todas as cidades e lugares aonde ele havia de ir (Lucas 10:1; 17,

Os Setenta

"Depois disso designou o Senhor outros setenta, e os enviou adiante de si, de dois em dois, a todas as cidades e lugares aonde ele havia de ir (Lucas 10:1; 17,

Outros Apóstolos

Paulo

O apóstolo Paulo tem um encontro com o Senhor na estrada de Damasco ao ver uma luz do céu que o atirou por terra (Atos 9:3). Em seguida ouvia uma voz que dizia Saulo, Saulo, por que me persegues? (Atos 9:4). Saulo perguntou quem és tu Senhor? E este lhe respondeu eu sou Jesus a quem tu persegues (Atos 9:5). Jesus orienta Saulo dizendo que ao entrar em Damasco lhe seria dito o que devia fazer. Jesus. Em seguida Ananias que era um dos servos do Senhor que estava em Damasco foi orientado para ir de encontro a Saulo que estava em oração (Atos 9:10-12). Jesus declara a Ananias que Saulo é um instrumento escolhido para levar o seu nome perante os gentios e reis, bem como perantes os filhos de Israel. (Atos 9:15). A partir do encontro com Ananias, Paulo é batizado e inicia seu ministério (Atos 9:22). Paulo mesmo testificava de seu apostolado (Romanos 1:1; 11:13; I Coríntios 1:1; 1:9; 4:9; 9:1-2; II Coríntios 1:1; 11:5; 12:11; Galátas 1:1; Efésios 1:1; Colossenses 1:1; I Tessalonicenses 2:6; I Timóteo 1:1; 2:7; II Timóteo 1:1, 11; Tito 1:1).

Barnabé

Em Atos 13:1, Lucas menciona que Barnabé é profeta e mestre juntamente a outros integrantes na Igreja de Antioquia. O Espírito Santo fala a Igreja de Antioquia e revela-lhe que separe a Saulo e a Barnabé para a obra que Deus os havia chamado. Barnabé tem então um chamado especial que nesse momento se equipara ao de Saulo. Barnabé é investido também do apostolado de Cristo. Fala ousadamente junto a Paulo (Atos 13:46). Os dois são perseguidos (Atos 13:50). São denominados aclamados deuses (Atos 14:12). Lucas menciona pela primeira vez que Barnabé é um apóstolo juntamente a Paulo (Atos 14:14). Todo o livro de Atos está recheado do ministério de Paulo e Barnabé conjuntamente. Em I Coríntios 9:1 Paulo menciona Barnabé como se continuasse com ele no ministério. Bem como em Gálatas 2:1, 9, 13.

Tiago

Tiago, irmão de Jesus é mencionado pelo apóstolo Paulo como um dos apóstolos de Jesus "Mas não vi a nenhum outro dos apóstolos, senão a Tiago, irmão do Senhor (Gálatas 1:19).

Augusto Bello de Souza Filho
Bel. em Teologia

VOLTAR

Of late one can find replicas of all famous Tag Heuer watches and these replica watches uk are crafted so carefully that one just cannot make out any difference between them and the replica watches sale. One has to give credit to the persons who are manufacturing these watches because the quality of these replica watches sale. It is extremely tough to distinguish between them and the original ones. In fact there are many persons who do know about replica watches uk and they too have not been able to tell if the watch is a Tag Heuer replica or a true one. Back in the good old days, people did not bother too much about the rolex replica they used to wear. Things have changed a lot and the new replica watches sale wants to show off their watches.