A IDADE DE ADÃO E EVA 

A Bíblia relata a criação do universo e tudo que nele contém. Assim, diz o relato bíblico que depois que Deus criou todas as coisas e viu que era bom, criou o homem ou a espécie humana e viu que era muito bom.

O relato da criação do homem está em Gênesis 2:4-17. Já existiam os céus e a terra. Não haviam plantas na terra, por dois motivos: O primeiro é que Deus não tinha feito chover sobre a terra; e o segundo porque não havia homem para lavrar o solo.   

Diz então o texto que Deus tomou do pó da terra e fez o homem, soprando-lhe o fôlego de vida nas narinas o que tornou-lhe alma vivente.   

Deus plantou um jardim no Éden e pôs o homem. Deus fez brotar toda sorte de árvores agradáveis à vista e boas para comer, a árvore da vida e a árvore do conhecimento do bem e do mal. No jardim haviam quatro rios.   

Deus estabeleceu regras para a vida do homem no jardim. Poderia comer das árvores frutíferas, mão não devia comer da árvore do conhecimento do bem e do mal, porque no dia que fizesse isso com certeza morreria.   

Em seguida Deus criou a mulher (Gênesis 2:18-25), porque reconheceu que não era bom que o homem ficasse só. Então planejou criar uma auxiliadora que fosse idônea para com o homem.     

Deus trouxe ao homem (Adão), todos os animais do campo e todas as aves dos céus, para que o homem os colocasse nomes.   

Adão deu nomes a todos os animais domésticos, todas as aves dos céus, todos os animais selvagens.     

Após Adão haver dado nomes a todos os seres viventes, Deus fez cair um profundo sono sobre ele. Tomou-lhe uma de suas costelas transformou-a em uma mulher e apresentou-lhe a Adão.   

Adão proferiu as seguintes palavras: "Esta, afinal, é osso dos meus ossos e carne da minha carne; chamar-se-á varoa, porquanto do varão foi tomada (Gênesis 2:23)".     

Ambos andavam nus e não se envergonhavam.   

Logo após a criação da mulher, esta foi tentada pela serpente que era uma encanação de Satanás e pecou desobedecendo a Deus quando comeu do fruto da árvore do conhecimento do bem e do mal.    

A mulher (Eva) não só comeu como também deu a Adão que também provou do fruto e ambos desobedeceram e pecaram diante de Deus.   

Bem, neste ponto temos algumas explicações interessantes: nada podemos afirmar sobre a idade de Adão, mas ele gozava de poder e autoridade sobre todos os animais e aves da terra. Ele tinha a capacidade intelectual de pôr-lhe nomes e ele estava preparado emocionalmente para avaliar e receber a dádiva da mulher que Deus ofertou, dizendo: finalmente esta osso de meus ossos e carne da minha carne.   

Conclusão Adão e Eva quando pecaram eram pessoas adultas e gozavam de total equilíbrio emocional e intelectual. Tinham a capacidade de decidir entre obedecer e não obedecer a Deus. Ficaram confusos com a mentira da serpente quando disse: "É certo que não morrereis, porque Deus sabe que no dia que dele comerdes se vos abrirão os olhos e, como Deus, sereis conhecedores do bem e do mal." Deram ouvidos ao que a serpente disse. Acharam interessante a idéia de conhecer o bem e o mal e de se tornarem semelhantes a Deus. A inveja e a desobediência fizeram com que o homem pecasse diante de Deus.   

É bom lembrar que o pecado da queda do homem não tem nada a ver com a falácia de que foi a questão do sexo. Não, nada disso, homem e mulher eram adultos, suficientes e aptos para a procriação e ela (Eva) foi criada para ele, Foram feitos por Deus em uma só carne pelos laços da união e como tal estavam prontos, liberados e livres para a prática do sexo, assim como todos os outros animais. Ela era auxiliadora, era idônea e gozava de todos os direitos e deveres para uma vida a dois, como marido e mulher dentro do projeto de Deus. Aqueles que defendem que o pecado foi o do sexo, precisam conhecer mais a Deus e a revelação de sua Palavra para terem melhor entendimento sobre o assunto.  

O pecado do homem foi a desobediência nada mais. Não temos portanto como afirmar a idade de Adão. Por analogia, considerando um homem adulto e apto para receber uma mulher como esposa e gozando de toda a responsabilidade, autoridade e poder que Deus investiu a Adão, diríamos que ele devia ter uns vinte e poucos anos. Lembremo-nos ainda, que pela história da criação narrada no Gênesis, Adão e Eva já foram criados adultos.

Augusto Bello de Souza Filho

Bel em Teologia

Voltar